EU SOU FEITO NO LABORATÓRIO: UMA REFLEXÃO SOBRE A BIOARTE E
SUAS QUESTÕES ÉTICAS ATRAVÉS DA PRODUÇÃO DE EDUARDO KAC

Nome: Thaynã Silva Targa
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 26/06/2018
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Ricardo Mauricio Gonzaga Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
David Ruiz Torres Examinador Interno
Ricardo Mauricio Gonzaga Orientador
Yiftah Peled Examinador Externo

Resumo: A presente dissertação mestrado visa discutir o modo com o qual os procedimentos laboratoriais atualmente existentes na sociedade impactam o campo da arte.
A arte realizada em laboratórios, denominada Bioarte, constitui o ponto central do questionamento proposto. A fim de discutir problemáticas que atualmente envolvem a categoria, serão analisados trabalhos de alguns artistas, em especial: Eduardo Kac. Para tal, parte-se do princípio que as modificações tecnológicas não impactaram somente o campo social, mas que este desencadeamento afetou todos os nichos da sociedade, inclusive a arte. Inicialmente, será feito um traçado teórico-artístico a respeito dessas modificações, o que auxiliará a visualização do trajeto percorrido pela arte até o alcance da Bioarte. Em seguida, iniciaremos as discussões que envolvem problemáticas trazidas pelas práticas científicas. Finalizaremos com a postura ética através das práticas de Eduardo Kac, investigando de maneira acentuada a carga de trabalhos nessa gama de incertezas científicas.
Palavras-chave: Bioarte; Eduardo Kac; Transgênicos; Ética; Ativismo.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910