Histórico

O Programa de Pós-Graduação em Artes (ME) da Universidade Federal do Espírito Santo foi criado em 2006, como resultado de ações integradas de pesquisadores do Grupo de Pesquisa em Comunicação e Arte (inserido no Programa de Qualificação Institucional - PQI/CAPES). Tal Grupo estimulou, a partir de 2002, a titulação de professores do Centro de Artes da UFES, com o objetivo de fomentar a pesquisa e lançar as bases de um Programa de Pós-graduação atento às expressões artísticas e culturais do Estado do Espírito Santo. Dessa forma, o Programa surgiu como consequência de um processo de transformação e reestruturação do Centro de Artes da UFES, na medida em que se investiu na qualificação do seu corpo docente e em demandas sociais emergentes. Esse movimento aconteceu mediante a contratação de professores e servidores públicos concursados e a implementação do programa de qualificação da CAPES (PQI). A contratação de novos docentes, aliada à qualificação dos efetivos, impulsionou a prática de pesquisa no Centro de Artes.

É importante ressaltar que tal investimento contou com a colaboração de laboratórios e núcleos de pesquisa, que já atuavam na Arquitetura e Artes Plásticas, com relevante produtividade. Nessa perspectiva, antes mesmo da instauração do Programa de Pós-Graduação em Artes, houve iniciativas no âmbito da Pós-Graduação por meio de cursos stricto sensu e lato sensu, com participação efetiva de pesquisadores bolsistas de produtividade do CNPq. A experiência com a realização de tais cursos demonstrou a carência da formação regional na área, através de uma demanda reprimida elevada, evidenciada na procura e preenchimento de vagas oferecidas em cursos de especialização. Nesse contexto, o Centro de Artes passou a assumir o ensino e a pesquisa de pós-graduação como atividades acadêmicas de caráter permanente, fato que viabilizou a criação do curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Artes.

Atualmente, o Mestrado em Artes atua em campos teóricos e metodológicos pertinentes à sua área de concentração, Teoria e História da Arte, e abrange duas linhas de pesquisa: "Estudos em História, Teoria e Crítica da Arte" e "Nexos entre Arte, Espaço e Pensamento". O prazo para conclusão do curso é de 27 meses.
O quadro docente possui formação heterogênea e transdisciplinar e é composto por 12 professores doutores (10 permanentes e 2 colaboradores). Compõem esse quadro: 3 professores titulares, 1 bolsista (PQ) de produtividade do CNPq, 1 bolsista pesquisador capixaba da FAPES, 5 professores com Pós-doutorado em universidades brasileiras e estrangeiras (Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne, Universitat Internacional de Catalunya (UIC), Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Universidade de São Paulo e Universidade Federal do Rio de Janeiro) e 1 bolsista estrangeiro PNPD/CAPES em estágio de Pós-doutorado (oriundo da Universidade de Granada, Espanha), que atua como professor colaborador do Programa. Em 2016, 2 outros pesquisadores iniciaram estágio pós-doutoral no PPGA, sendo que um deles com bolsa FAPES/CNPq de fomento microrregional. Há ainda a previsão - para 2017 - de realização de pesquisa de pós-doutorado (na Universidade Federal Fluminense) pelo Prof. Dr. Ricardo Maurício Gonzaga, professor que integra o quadro permanente do PPGA - UFES.

Todos os professores permanentes orientam mestrado, iniciação científica e trabalhos de conclusão dos cursos de artes visuais, artes plásticas, música, jornalismo, cinema, audiovisual e arquitetura. Além disso, oferecem disciplinas nos cursos de graduação e integram três Departamentos do Centro de Artes, a saber: o Departamento de Teoria da Arte e Música (6 professores), o Departamento de Artes Visuais (3 professores) e o Departamento de Comunicação (2 professores). Há colaborações estabelecidas com o Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo e com o Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Territorialidades, ambos situados no Centro de Artes da UFES.

Em 2016, o processo de seleção para ingresso no Mestrado em Artes recebeu 53 candidatos, dos quais 22 foram selecionados. A seleção consiste na avaliação do projeto de pesquisa e, posteriormente, os candidatos são submetidos a duas provas: de conteúdo específico e de língua estrangeira (inglês, francês ou espanhol). Os classificados realizam entrevista com arguição sobre o projeto de pesquisa e o currículo. No ano de 2016, o PPGA adotou a reserva de vagas para pretos, pardos e indígenas. O Programa tem cerca de 45 alunos matriculados, 14 são bolsistas CAPES (DS), 5 são bolsistas FAPES e 2 bolsistas CAPES (DS cotas ofertadas especialmente pela PRPPG-UFES), totalizando 21 bolsas de estudos no período.

Desde 2014, em razão de um planejamento de inserção social e internacionalização, o Programa participa do edital PAEC-OEA-GCUB - Grupo Coimbra de Universidades brasileiras, e já recebeu 2 alunos do México e 2 alunos da Colômbia. Em 2017, dando continuidade ao projeto, receberemos 1 discente procedente da Colômbia. Em dez anos (2006-2016), o corpo discente produziu 98 dissertações. No último quadriênio (2013-2016), os docentes e discentes publicaram cerca de 97 livros ou capítulos de livros, 157 artigos em periódicos, 266 trabalhos em anais de eventos acadêmicos, 139 produções artísticas e 647 produções técnicas.

O Programa de Pós-Graduação em Artes, desde sua fundação vem investindo na formação qualificada e seus egressos têm se destacado como docentes em Universidades Federais, Secretarias de Educação de estados e municípios, ingressam em cursos de doutorado de importantes universidades brasileiras, trabalham com produção de arte, curadorias, administração e direção de museus e instituições públicas e privadas. Tais perspectivas são resultantes do planejamento de ações (discutidas em autoavaliações institucionais) e da valorização de projetos temáticos, desenvolvidos nos 6 laboratórios e núcleos do PPGA. Nesse sentido, 10 grupos de pesquisa ativos trabalham pela interação das produções de docentes, discentes e colaboradores (nacionais e internacionais). São eles:

1 Estética, Artes e Culturas Populares no Brasil, dirigido pela Profa. Dra. Aissa Afonso Guimarães, Doutorado em Comunicação, UFRJ (Conceito 6) em 2000;

2 Teoria e História da Arte Moderna e Contemporânea, coordenado pela Profa. Dra. Almerinda da Silva Lopes, Doutorado em Comunicação e Semiótica (PUC/SP (Conceito CAPES 4) em 1997 e Pós-Doutorado (Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne, PARIS 1, França) em 2002;

3 Grupo de Estudos em Poéticas do Processo de Criação: LabArtes, liderado pela Profa. Dra. Angela Grando, Doutorado em Histoire de l'Art - Université de Paris 1 Panthéon - Sorbonne, França, em 2002;

4 LEENA - Laboratório de Extensão e Pesquisa em Artes, sob a responsabilidade do Prof. Dr. Aparecido José Cirilo, Doutorado em Comunicação e Semiótica (Conceito CAPES 4) - PUC/SP em 2004 e Pós-Doutorado na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Portugal, em 2016;

5 Comunicação, Imagem e Afeto, dirigido pelo Prof. Dr. Erly Milton Vieira Júnior, Doutorado em Comunicação e Cultura (Conceito CAPES 6) - UFRJ em 2012;

6 LABIC: Laboratório de Estudos sobre Imagem e Cibercultura, liderado pelo Prof. Dr. Fabio Luiz Malini de Lima, Doutorado em Comunicação (Conceito CAPES 6), UFRJ em 2007 e Pós-Doutorado - UFRJ em 2014;

7 Crítica e experiência estética, coordenado pelo Prof. Dr. Gaspar Paz, Doutorado em Filosofia (Conceito CAPES 5) / UERJ em 2010 e Pós-Doutorado - Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne, França, em 2012 e Pós-Doutorado USP em 2014;

8 PLACE - Plano Conjunto de Espacialidades, concebido pela Profa. Dra. Gisele Barbosa Ribeiro, Doutorado em Nuevas Prácticas Culturales y Artísticas - Universidade de Castilla-La Mancha, UCLM, Espanha em 2010;

9 Arte, Filosofia e Literatura na Idade Média, liderado pelo Prof. Dr. Ricardo Luiz Silveira da Costa, Doutorado em História (Conceito CAPES 7) UFF em 2000 e Pós-Doutorado Universitat Internacional de Catalunya, Espanha em 2005;

10 Práticas e Processos da Performance, dirigido pelo Prof. Dr. Ricardo Mauricio Gonzaga, Doutorado em Artes Visuais (Conceito CAPES 6) UFRJ em 2005.

O Prof. Dr. Alexandre Emerick Neves, Doutorado em Artes Visuais UFRJ em 2010, professor colaborador do Programa, é integrante do Grupo de Estudos em Poéticas do Processo de Criação LabArtes, liderado pela Profa. Dra. Angela Grando, e desenvolve o projeto temático: Lugares transpassados: a temporalidade através do olhar fotográfico na arte contemporânea.

Por sua vez, o pesquisador David Ruiz Torres, Doutorado em Artes Universidad de Granada (Espanha) em 2013 e Pós-Doutorado em andamento no PPGA (2014 a 2018), integra o LEENA Laboratório de Extensão e Pesquisa em Artes, sob a supervisão do Prof. Dr. Aparecido José Cirilo e desenvolve o projeto temático: Aplicação das novas tecnologias em museus do Brasil. Novas ferramentas de difusão e interpretação do bem cultural. Torres também é integrante do Grupo de Estudos em Poéticas do Processo de Criação LabArtes, liderado pela Profa. Dra. Angela Grando. Em 2016, o Prof. Dr. David Ruiz Torres realizou experiência docente na graduação, Departamento de Teoria da Arte e Música, na disciplina História da Arte II, corroborando os objetivos do PPGA em estimular, cada vez mais, a integração ensino e pesquisa.

Muitos desses projetos recebem financiamento da UFES e de agências como CNPq, CAPES e FAPES. Esses grupos garantem a visibilidade de suas pesquisas, respaldando ainda a manutenção de 2 periódicos do Programa: a Revista Farol (http://periodicos.ufes.br/farol/) e a Revista do Colóquio de Arte e Pesquisa do PPGA-UFES (http://periodicos.ufes.br/colartes/index); a primeira, organizada pelo núcleo docente; já a segunda, pelo núcleo discente.

A revista Farol, com novo layout online, abriu espaço para novas colaborações nacionais e internacionais, que desde 2015 integram o conselho científico da revista. Nessa perspectiva, sublinhamos a seção especial de tradução de textos e ensaios. Entre os colaboradores estão o Prof. Dr. Dominique Chateau (Université Paris 1) e Raoul Kirchmayr (Université Paris 1/ Universidade de Trieste).

Além disso, são frequentes as organizações de eventos, conferências, jornadas, seminários, participação em bancas e comissões, que incitam redes de pesquisa com outras universidades. Entre as colaborações já estreitadas ou em consolidação, destacam-se:

  • Colaborações promovidas pelo Prof. Dr. Aparecido José Cirilo e pela Profa. Dra. Angela Grando com a Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e com a Universidad de Granada foi por meio de tais interlocuções que se estabeleceu o Pós-doutorado PNPD de David Torres Ruiz (Espanha), iniciado em 2014 sob a supervisão do Prof. Dr. Aparecido José Cirilo;

    • O acordo de cooperação internacional estabelecido pelo Prof. Dr. Ricardo da Costa com a Universidade de Alicante (Espanha). Esse acordo foi formalizado pelas Reitorias da UFES e da Universidade de Alicante em 2015;

    • Em 2016, a profa. Dra. Aissa Guimarães iniciou a participação em 2 acordos de cooperação acadêmica internacional formalizados entre as Reitorias da UFES e da Regents of the University of Minnesota (Estados Unidos). A profa. Dra. Aissa Guimarães realiza também um importante trabalho de colaboração com outros Departamentos da UFES, tais como o de Antropologia, Ciências Sociais e Educação.

    • A colaboração da Profa. Dra. Almerinda da Silva Lopes com o grupo de pesquisa do Prof. Dr. Jacques Leenhardt da Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (EHESS);

    • A colaboração da Profa. Gisele Barbosa Ribeiro com a Universidad de Castilla-La Mancha (Espanha). Nesse sentido, destacamos o contato com o grupo de pesquisa de Simeón Saiz Ruiz. De 16 de fevereiro até 28 de maio de 2017, por exemplo, acontecerá a exposição Tiempos de alegría. Tiempos de desamparo. Esta mostra coletiva reunirá mais de 10 artistas estrangeiros e contará com a participação da Profa. Dra. Gisele Ribeiro;

    • O Prof. Dr. Fábio Malini também mantém contatos e colaboração com a Université Paris 1 e com a UFRJ (Programa PROCAD / colaboração com o grupo de pesquisa coordenado pela Profa. Dra. Ivana Bentes);

    • As colaborações do Prof. Dr. Gaspar Paz com o grupo de estética do Prof. Dr. Dominique Chateau, da Université Paris 1 (Sorbonne); com o Prof. Dr. Raoul Kirchmayr, da Universidade de Trieste (Itália); com a Ecole des Haute Etudes en Sciences Sociales (EHESS), através de colaboração editorial na Revue Artelogie (do Grupo de Recherche sur les arts, le patrimoine et la littérature de l'Amerique Latine) e com a Université Paris 3 (Sorbonne Nouvelle), com o grupo de pesquisa em tradução poética, coordenado pela Profa. Dra. Christine Raguet;

Há ainda colaborações estreitadas entre pesquisadores do Programa e pesquisadores da UNICAMP, UNIFESP, USP, PUC-SP e UFRJ.

O PPGA vem acompanhando as medidas discutidas no Plano Nacional de Pós-Graduação e as importantes diretivas de inserção social, políticas públicas, compromisso com a educação e internacionalização conduzidas pela Universidade Federal do Espírito Santo. O Crescimento advindo daí é significativo. Conforme dados da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação são 4510 estudantes matriculados em cursos de Mestrado (2620), Doutorado (796) e Especialização (1094). Em 2015, foram 1833 estudantes de pós-graduação diplomados. Nos últimos dez anos o número de cursos de mestrado na UFES passou de 25 para 58 (crescimento de 132%), e os de doutorado de 5 para 27 (crescimento de 440 %). Anualmente são abertas nestes cursos cerca de 1.200 vagas para novos alunos em cursos stricto sensu (mestrado e doutorado) outras informações podem ser obtidas no site da instituição: http://www.ufes.br/ufes-em-n%C3%BAmeros.

Assim, o Programa de Pós-Graduação em Artes e a Universidade Federal do Espírito Santo cumprem seu papel social e garantem aos seus discentes e à comunidade científica nacional e internacional a possibilidade de compartilhar as particularidades das interpretações de linguagens artísticas.

Alunos Formados e Matriculados:O programa já formou 114 mestres e conta com 50 alunos regularmente matriculados, todos no mestrado.

Nome dos coordenadores e coordenadores-adjuntos:

Período: 2016-2018
Coordenador: Prof. Dr. Gaspar Leal Paz
Coordenador-Adjunto: Profa. Dra. Angela Maria Grando Bezerra

Período: 2015-2016
Coordenador: Prof. Dr. Ricardo Luiz Silveira da Costa
Coordenador-Adjunto: Prof. Dr. Gaspar Leal Paz

Período: 2014-2015
Coordenador: Prof. Dr. Ricardo Luiz Silveira da Costa
Coordenador-Adjunto: Prof. Dr. Ricardo Mauricio Gonzaga

Período: 2011-2014
Coordenadora: Profa. Dra. Ângela Maria Grando Bezerra
Coordenador-Adjunto: Prof. Dr. Aparecido José Cirilo

Período: 2009-2011
Coordenadora: Profa. Dra. Ângela Maria Grando Bezerra
Coordenador-Adjunto: Prof. Dr. Aparecido José Cirilo

Período: 2007-2009
Coordenador: Prof. Dr. Nelson Pôrto Ribeiro
Coordenadora-Adjunta: Profa. Dra. Almerinda da Silva Lopes

Período: 2006-2007
Coordenadora: Profa. Dra. Almerinda da Silva Lopes
Coordenador-Adjunto: Prof. Dr. Nelson Pôrto Ribeiro

Histórico do conceito CAPES do programa:

Avaliação

Conceito

2010-2012 - 3 (Regular)
2007-2009 - 3 (Regular)
2004-2006 - 3 (Regular)

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910