DE JOHN CAGE A JANET CARDIFF, A SOUND ART EM PERSPECTIVA HISTÓRICA

Nome: Dimitrio Joviano Pinel
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 10/08/2016
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Angela Maria Grando Bezerra Orientador
Gaspar Leal Paz Co-orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Alexandre Emerick Neves Examinador Interno
Angela Maria Grando Bezerra Orientador
Fabíola Simão Padilha Trefzger Examinador Externo
Gaspar Leal Paz Coorientador

Resumo: Esta pesquisa discute sobre questões do embate entre o moderno e o
contemporâneo, e tentará mostrar como o surgimento da instalação artística tornouse um gênero essencial para as realizações dos artistas que trabalharam o conceito da sound art. Nesse sentido, esta dissertação terá como recorte os movimentos que tiveram grande dimensão nas décadas de 1950 até 1970, como o minimalismo, a pop art, e particularmente, a música experimental. Portanto, nosso ponto de partida começa com o surgimento da instalação artística, passando pelos pioneiros da música experimental até chegar aos artistas contemporâneos que utilizam o som como linguagem. Tratamos sobretudo do caráter histórico e panorâmico, visando mostrar não apenas o processo de criação da sound art, mas o caminho no qual ela percorreu, sua repercussão e sua relevância para arte contemporânea.

Palavras-chave: Música Experimental, Instalação, Arte contemporânea e sound art

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910