Projetos de Pesquisa

Linha Processos e Linguagens Artístico-culturais:

a) Patrimônio Cultural, Artes e Tradições Afro-brasileiras:  Descrição: desenvolve estudos no campo da memória e do patrimônio cultural brasileiro, com ênfase nas práticas artísticas populares e nas tradições culturais afro-brasileiras.  Os objetivos deste projeto estão direcionados ao desenvolvimento e orientação de pesquisas relacionadas ao universo das culturas populares brasileiras no campo das tradições, festas e carnavais; das religiões de matrizes africanas no Brasil, da arte afro-brasileira e popular; tendo em vista suas dimensões simbólicas, imaginárias e estéticas. A metodologia dá ênfase à pesquisa de campo e à análise dos materiais selecionados à luz do referencial teórico, o que incentiva estudos sobre as manifestações culturais no Espírito Santo. Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (6). Coordenado pela Professora Aissa Guimarães.

 

b) Arte Postal na América Latina: da natureza e diversidade de processos artesanais e tecnológicos à museografia dos acervos: Descrição: Entender a Arte Postal como eficiente sistema de comunicação em rede, formulado e realimentado em fluxo contínuo por artistas e poetas visuais latino-americanos, antes do advento da Internet, para o envio de imagens, mensagens e textos críticos, numa época em que todas as formas de comunicação foram interrompidas ou eram severamente vigiadas, em razão dos regimes ditatoriais em vigor na maioria dos países da América Latina. Embora a marginalidade fosse uma das premissas da arte postal, essa condição manteve-se por pouco tempo, considerando que ainda na década de 1970 esse sistema alternativo de arte seria institucionalizado, assunto que interessa também à investigação, bem como o processo de museografia dos acervos pelos museus. A partir do levantamento do vasto legado de imagens, catálogos de exposições oficiais e subversivas, bem como slogans e textos disponíveis em arquivos e bibliotecas públicos e privados Brasil, Argentina, Uruguai, México e França, a proposta visa analisar o gênero de propostas produzidas e reproduzidas artesanalmente ou por meios tecnológicos para alimentar a rede (gravura, carimbos, mimeógrafo, fotografia, offset, vídeo, máquinas eletrostáticas). Entretanto, com a institucionalização tornou-se alvo da censura e da repressão aos artistas, processo que também será analisado pela pesquisa. O projeto conta com a colaboração do Prof. Dr. Jacques Leenhardt, que coordenou o estágio técnico-científico desenvolvido pela pesquisadora em Paris, e de duas pesquisadoras da Universidade Lusófona de Lisboa, Prof (s). Dr (s) Helena Elias e Inês Andrade Marques. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) . Coordenado pela Professora Almerinda Lopes.

 

c) Entre Textos, Obras e Exposições, “ambientes” e práticas espaciais na arte moderna e contemporânea: Descrição:  investigam práticas espaciais, a pesquisa discute num primeiro momento "Desvio para o vermelho" (1967/1984) e "La Bruja" (1979/2017) de Cildo Meireles. Por se tratar de um artista que problematiza nossa experiência do tempo e do espaço e a própria gênese da noção de "espectador", a associação dos dois de seus trabalhos decorre antes de uma intuição - em discutir questões relevantes do processo e pensamento do artista - do que de uma hipótese. Trata-se de desdobramento de pesquisa empreendida em projeto anterior (2016/2017). e traz por objetivo analisar o trabalho do artista a partir tanto das exposições individuais como de artigos, textos de catálogo e comentários da imprensa da época. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) . Coordenado pela Professora Ângela Maria Grando.

 

d) Processos criativos: convergências entre paisagens, arte e cidade. Descrição: Estudo dos ecossistemas criativos a partir dos fenômenos estéticos urbanos. Com foco na produção tridimensional em sua relação com os espaços, esta pesquisa congrega um conjunto de estudos sobre arte, paisagem e cidade, verificando suas confluências teóricas, conceituais, processuais e de recepção. Estuda o fenômeno artístico urbano em suas práticas sociais e ambientais, com foco principal no estudo da arte pública no Espírito Santo, investigando sua origem, processos e diálogos nacionais e internacionais. Este projeto abraça pesquisas sobre a arte pública no contexto das cidades contemporâneas. Subprojetos: PARA ALEM DO KITSCH E DO GROTESCO: escultura espontânea capixaba no Eixo Rodoviário Leste-Oeste (BR 262, BR 482, BR 259 , BR 381, BR 342) é a segunda fase de uma pesquisa em andamento no estado que visa mapear, inventariar e analisar a escultura espontânea no logradouros públicos e/ou ruas das principais cidades capixabas situadas ao longo das rodovias federais que cortam o estado de Norte a Sul (em fase final) e de Leste a Oeste. Assim surge o problema desta pesquisa atual: esse tipo de objeto se configura como tal, no eixo que liga o litoral capixaba e o interior do Brasil? Seria possível falar disto também nas cidades nesse eixo Leste-Oeste das BR’s no solo capixaba? Financiamento: FAPES R$ 33.000,00 (2018/19) Equipe: 03 Pesquisadores nacionais; 05 Pesquisadores Internacionais; 04 Orientandos Mestrado: 02 Orientandos ICT. Coordenado pelo Professor Aparecido Cirillo.

 

e) O PROCESSO DE CRIAÇÃO COMO FENÔMENO: operações, dinâmicas, modelos temporais – Descrição:  Estudo do processo de instauração de trabalhos do artista visual. O horizonte metodológico é a Poïética, que aborda a fenomenologia do processo de criação. O objetivo geral é desenvolver pesquisa prática e teórica, em que o fazer suscita as questões poéticas e conceituais tramadas na investigação. A reflexão sobre a experimentação artística busca o entendimento das etapas intencionais, materiais, espaciais e relacionais do processo. Enfatiza-se como desenhos temporais se presentificam nos processos criativos; para tal, faz-se necessário o estudo de modelos e formas do tempo, estabelecidos por áreas como a filosofia e a história, que possam nortear uma singular instauração de obras na trajetória de um(a) artista. Coordenado pela Professora Cláudia Maria França

 

f) VIDA E OBRA de Gerd Bornheim. Correspondência, recensões e datiloscritos originais sobre Filosofia da Arte e História da Filosofia. Descrição: Considerando a profusão de escritos e documentos do acervo de Gerd Bornheim, optamos por desenvolver uma nova fase de estudos sobre a vida e a obra do autor, dando continuidade à pesquisa realizada no projeto Crítica e experiência estética em Gerd Bornheim. Para tanto, as interpretações serão atinentes à correspondência do autor, às recensões sobre artistas plásticos brasileiros, assim como os datiloscritos originais sobre filosofia da arte que tematizam as obras de Brecht, Beckett, Julio Bressane, Rilke e Holderlin. Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1). Coordenado pelo Professor Gaspar Leal Paz

 

g) ARTE E POLITICA: crítica institucional, identidade e espaço público. Objetivo: - Discutir a relação entre arte e política através de uma investigação prática e teórica, a partir de uma noção de instituição concebida como um campo discursivo; - Refletir sobre as implicações da "diferença política" (diferença entre "a política" e "o político") na arte; - Investigar, do ponto de vista do político, o papel dos meios considerados de alta reprodutibilidade técnica (como a fotografia, o cinema, o vídeo e também o livro) Quando incorporados ao discurso artístico. Coordenado pela Professora Gisele Barbosa Ribeiro.

 

h) ARTE MODERNA E CONTEMPORÂNEA: gênero, transferências culturais, circulação e recepção.   Descrição: O projeto de pesquisa tem um caráter amplo, justamente porque pretende abrigar investigações diversas que abordem arte moderna e contemporânea, a partir de estudos de artistas, obras e contextos, dentro de uma perspectiva específica da história, teoria e crítica de arte, mas considerando um eixo interdisciplinar que atualmente revisa as teorias, conceitos e classificações da própria história da arte, em um debate que envolve questões de gênero, de identidade, bem como noções de centro e periferia. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1). Coordenado pela Professora Renata Cardoso.

 

i) SITE-SPECIFIC/SITE-SPECIFICITY: práticas artísticas, discursivas e audiovisual na esfera pública. Descrição:  A produção teórico-prático desta pesquisa pauta- se primeiramente nas experiências artísticas dos anos de 1960 e 1970, por estar identificada com a forma de produção e pensamento autoreflexivo e críticos de seu contexto. A pesquisa  trata de identificar estes aspectos políticos como documentais hoje, pelo paradigma das práticas discursivas - o problema da espacialização dos discursos na forma fílmica e instalativa (Vídeo-Instalação e Cinema de Exposição). Jean-Christophe Royoux teria cunhado a expressão cinema de exposição, no final dos anos de 1990 para trabalhos em vídeo-instalação, em que haveria a inversão das questões da lógica espacial para a temporal. Dubois, categoriza estes projetos por efeito cinema e Bellour como Outro Cinema. Alunos envolvidos: Graduação: (4). Coordenado pela Professora Raquel Garbelotti.

 

j) TEXTOS, IMAGENS E CORPORALIDADES: abstração e literalidade nos processos de formação das linguagens da arte. Descrição: estudas as especificidades relativas a aspectos que se relativizavam a ponto de, no limite, todo e qualquer material poder ser utilizado como próprio à arte, enquanto literalmente qualquer procedimento técnico disponível tornava-se passível de incorporação ao campo da arte. Neste horizonte de perspectivas, portanto, deixava de haver técnicas ou materiais artísticos, e se os materiais outrora ditos ?nobres? vinculados à prática da pintura, da escultura não deixavam de ocupar um espaço de sobrevivência, isto se dava em função da capacidade destas categorias de defender sua própria razão de continuar a ser consideradas como parte da arte frente à enxurrada de novas possibilidades que se apresentavam. A pesquisa investigará os processos pelos quais, no limite, tais tendências implicaram em uma radicalização dos processos de literalização, por um lado, e de abstração, no polo oposto, do trabalho de arte, a circular na economia de mútua influência entre os meios imagéticos, verbais e corporais, de acordo com suas definições e opções particulares. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Coordenado pelo Professor Ricardo Maurício Gonzaga.

 

Linha Interartes e Novas Midias:

a) O ESTRONDO DAS IMAGENS: na hibridez das artes e dos sentidos. Resumo: Esse projeto se volta ao estudo das relações entre matérias e técnicas de modalidades artísticas distintas. Através de uma abordagem multidisciplinar, a partir de campos de saber como a fenomenologia, a sonologia e a estética comparada, refletimos sobre processos criativos, questões estéticas e críticas no âmbito de variadas práticas artísticas. Busca-se, por meio de leituras e análises, investigar correspondências estéticas, poéticas e críticas existentes entre modalidades artísticas variadas. Investiga-se ainda o conceito de técnica e matéria artísticas e suas transformações mais recentes. Espera-se produzir reflexões consistentes por meio da produção de artigos científicos, um curso de extensão universitária e a realização de uma exposição. Coordenado pelo Prof. Dr. Alexandre Freitas.

 

b) SISTEMA DA ARTE, POÉTICA E ESTÉTICA PÓS- DIGITAL : condição pós-conceitual e reprogramabilidade pós-mídia na arte contemporânea. Descrição: Neste projeto propõe-se a realização de uma pesquisa teórico-prática acerca do caráter pós-mídia, pós-digital e pós-conceitual da arte que se produz e circula no contexto cultural e tecnológico contemporâneo. Com esses três termos orientadores, pretende-se investigar questões relativas às circunstâncias de materialização artística e afecção estética e política posteriores ao uso disseminado de recursos numéricos computacionais. Nesse contexto, adota-se como premissa a ideia de que as obras criativas pós-digitais não só reposicionam o problema da especificidade e da hierarquia relativa aos meios artísticos. Também assumem a reciprocidade inexorável entre a conceitualidade crítica e o caráter sensorial da arte contemporânea, operando conforme a exploração direta ou a influência indireta exercida pela reprogramabilidade contida nos dispositivos implementados com algoritmos. Tal temática de abordagem compreende, de um lado, o informacionalismo político e econômico em que se entrelaçam modos tecnológicos de realização e fruição sistêmica da arte e da cultura. De outro lado, ressalta a hibridação e as crescentes analogias estabelecidas com linguagens antecedentes, industriais ou mesmo artesanais. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . Coordenado pelo professor Daniel Hora.

 

c) INTERSEÇÕES DIGITAIS NO ÂMBITO ARTÍSTICO E CULTURAL.  Descrição: Recentemente, as tecnologias digitais têm se expandido, tanto nacional como internacionalmente, em diversas áreas do conhecimento, especialmente no âmbito artístico-cultural, graças ao potencial que essas tecnologias oferecem para a mediação cultural mediante os novos dispositivos portáteis (celulares e tablets). Assim, a irrupção das novas tecnologias digitais em áreas relacionadas com o patrimônio cultural (parques arqueológicos, áreas monumentais, conservação dos bens cultuais, digitalização do patrimônio imaterial, etc.), observando, nos últimos anos, um grande número de ensaios e aplicações inovadoras na interpretação e difusão cultural in situ. Também não devemos esquecer o uso das tecnologias digitais em espaços expositivos tem crescido exponencialmente nos últimos anos devido à proliferação entre a população atual desses dispositivos portáteis, constituindo uma importante ferramenta de mediação no conhecimento do objeto artístico. Da mesma forma, as tecnologias digitais tem sido origem de novas práticas dentro da criação artística atual através de visões e interpretações derivadas do uso dos novos dispositivos portáteis, pois desde o campo artístico são oferecidas experiências estéticas que conseguem interligar dois mundos nos quais o ficcional e o real coexistem na mesma realidade. Coordenado pelo professor David Ruiz Torres.

 

d) INTERAÇÕES AUDIOTÁTEIS DA MÚSICA NO MUNDO CONTEMPORÂNEO. Descrição: Considerando a distinção visual/audiotactil, operada por M. McLuhan, em relação aos modos de percepção e de organização da experiência, respectivamente, no mundo mecânico da Primeira Revolução Industrial e no mundo tribalizado da Era Eletrônica, e o modelo taxonômico denominado Teoria da Músicas Audiotáteis (TMA), o presente projeto volta-se para a identificação e problematização de modalidades de interação artística e cultural que emergem no âmbito da produção, recepção e transmissão da música por meio das novas mídias. Os objetos de pesquisa estendem-se a fenômenos, processos, obras, teorizações, artistas, sistemas notacionais, produtos, mídias, tecnologias, etc, através dos quais buscaremos observar o comportamento das seguintes dimensões expressivas do fazer musical: o groove, a extemporização, a improvisação e a constituição das regras e códigos de interação musical. Pretende-se produzir uma base de dados na medida em que os resultados forem surgindo, visando a produção de análises em perspectiva comparativa permitindo aplicações destes resultados nos mais diversos campos da musicologia (teoria, crítica historiográfica, educação, etc), das artes, ciências humanas, bem como da economia criativa.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Coordenado pelo professor Fabiano Araújo Costa.

 

e) Leandro Costalonga: (BIO) Musicalidade Aplicada na Criação de Artefatos Musicais

(BIO) Musicalidade Aplicada na Criação de Artefatos Musicais. Descrição: Todos os seres humanos compartilham uma predisposição para a música, mesmo aqueles que se consideram "não-musicais". Até recentemente, a maioria dos estudiosos desconfiava da noção de que a cognição musical poderia ter uma base biológica, e esse fato reflete o apoio limitado que o HCI oferece ao design da tecnologia ubimus. Esse projeto investiga cinco aspectos principais da natureza humana que podem ser aplicados ao design de interação ubimus, incluindo (i) materialidade e fisicalidade dos instrumentos musicais, (ii) consciência alcançada quando habilidades e desafios estão em equilíbrio durante o aprendizado musical ,; (iii) mapeamentos naturais de gestos e movimentos; (iv) capacidade de reconhecer e sincronizar com sinais auditivos; e finalmente (v) uso da (verdadeira) imitação como estratégia para o aprendizado e a comunicação musical. É nossa intenção apontar algumas ideias, conceitos e princípios que possam ser usados como um conjunto inicial de diretrizes de design de interação para melhorar a experiência do usuário (UX) ao desenvolver instrumentos musicais digitais no contexto do ubimus. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1). Coordenado pelo professor Leandro Costalonga.

 

f) PERSPECTIVAS DA CRIATIVIDADE PARA O ENSINO DE ARTE e mediações educativas na contemporaneidade. Descrição: Este projeto tem como objetivo refletir sobre as questões que envolvem a Criatividade e a Inovação na Educação a partir da investigação dos princípios e práticas pedagógicas do ensino de arte na contemporaneidade, com norte nas mediações das novas tecnologias aplicadas à diversidade que envolve as práticas docentes na educação não formal bem como no ensino fundamental e médio e, não obstante, em nível superior. O projeto é financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação no Espírito Santo (FAPES) para desenvolvimento nos anos de 2019 a 2020. Vale destacar aqui que o uso das novas tecnologias tem permitido à pratica docente contemporânea, tanto na educação básica quanto no ensino superior ou em estruturas não formais de ensino-aprendizagem, o acesso a outros níveis de interação do aluno com os objetos artísticos. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3). Coordenado pela professora Stela Marins Sanmartim.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910