Interseções digitais no âmbito artístico e cultural

Resumo: Recentemente, as tecnologias digitais têm se expandido, tanto nacional como internacionalmente, em diversas áreas do conhecimento, especialmente no âmbito artístico-cultural, graças ao potencial que essas tecnologias oferecem para a mediação cultural mediante os novos dispositivos portáteis (celulares e tablets).
Assim, a irrupção das novas tecnologias digitais em áreas relacionadas com o patrimônio cultural (parques arqueológicos, áreas monumentais, conservação dos bens cultuais, digitalização do patrimônio imaterial, etc.), observando, nos últimos anos, um grande número de ensaios e aplicações inovadoras na interpretação e difusão cultural “in situ”.
Também não devemos esquecer o uso das tecnologias digitais em espaços expositivos tem crescido exponencialmente nos últimos anos devido à proliferação entre a população atual desses dispositivos portáteis, constituindo uma importante ferramenta de mediação no conhecimento do objeto artístico.
Da mesma forma, as tecnologias digitais tem sido origem de novas práticas dentro da criação artística atual através de visões e interpretações derivadas do uso dos novos dispositivos portáteis, pois desde o campo artístico são oferecidas experiências estéticas que conseguem interligar dois mundos nos quais o ficcional e o real coexistem na mesma realidade.

Data de início: 2019-09-02
Prazo (meses): 60

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador David Ruiz Torres
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910