ARTE POSTAL NA AMÉRICA LATINA: DA IRONIA PERFORMÁTICA À CIRCULAÇÃO MARGINAL DE IMAGENS CRÍTICAS À REALIDADE POLÍTICA: 1968-1984.

Resumo: A origem da Are Postal, Arte Correio ou Mail Art remonta às primeiras vanguardas do século passado (embora alguns datem o seu surgimento na segunda metade do século XIX, considerando que logo após a criação do cartão postal este passou a ser enviado a descoberto, com um pequeno texto ou mensagem). Todavia, foi nos anos de 1960, em razão da mudança do paradigma artístico que tal proposição encontrou terreno mais fértil para se desenvolver e circular em todas as latitudes. No Brasil e na maioria dos países da América Latina, esse gênero de arte alternativa iria tornar-se um dos mais significativos e profícuos processos artísticos de ironia e de crítica ao discurso político autoritário, entre a década de 1970 e o início da seguinte, o que explica o período temporal adotado na investigação. Circulando de maneira underground e em rede democrática, cujo fluxo seria permanentemente alimentado pelos participantes, tornou-se uma das formas mais originais de artistas e não artistas reagirem e mostrarem a sua indignação ao autoritarismo dos regimes ditatoriais, à tortura, à perseguição às vozes dissidentes e à interferência do censura sobre a produção artístico/cultural. Nesse período conturbado e em pleno período da chamada “guerra fria”, a Arte Correio também se tornou um destacado meio de reação à política de massificação cultural, à dominação do capitalismo selvagem e à penetração avassaladora do imperialismo americano na América Latina. Geradora de uma rede democrática e rizomática de circulação de imagens, mensagens e ideias, a Arte Postal contrapunha-se ao caráter seletivo, judicativo e elitista das instituições culturais oficiais, órgãos controlados, então, pelo poder político. Por seu caráter efêmero, colaborativo e anticomercial esgarçava, ainda, o conceito tradicional e elitista de obra de arte, enquanto objeto único, duradouro e autoral. Hibridizando signos verbais, textos, imagens, códigos visuais, com diferentes processos e materiais, deu origem a verdadeira polissemia de trabalhos para troca de ideias, informação e solidariedade. O objetivo principal da investigação é a análise da dimensão político-crítica e os desdobramentos da Arte Postal, enquanto propulsora da arte performativa, da ideia de partilha e de arquivo contemporâneo, à luz de um referencial teórico de autoria de brasileiros e estrangeiros.

Data de início: 2017-04-03
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Colaborador Almiro Soares Filho
Coordenador Almerinda da Silva Lopes
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910