A PRODUÇÃO DAS ARTES NO ESPÍRITO SANTO: artistas plásticos na Região Metropolitana de Vitória (ES) – fase 3

Resumo: Este projeto estuda o processo de criação nas artes no Espírito Santo a partir dos vestígios do processo de criação. Inserido na Linha de Teoria e História da Arte, no PPGA/UFES, centra-se no resgate de documentos para efetuar a identificação e investigação a partir do levantamento, seleção, digitalização, transcrição e análise crítica dos documentos do processo em suas interfaces com a arte contemporânea na Região Metropolitana de Vitória (ES). É uma pesquisa centrada no estudo de casos, e focada na coleta e na análise de documentos do processo de artistas contemporâneos da Região da Grande Vitória, no Espírito Santo. A investigação se fundamenta nos pressupostos teóricos e metodológicos da crítica de processo. Seu objetivo é realizar a identificação e análise crítica dos documentos do processo, auxiliando na historiografia da arte capixaba. Promove e facilita o acesso de pesquisadores ao acervo de documentos primários do processo de criação de artistas da Região Metropolitana de Vitória, e favorece a realização de pesquisas sobre a Crítica de Processo, Crítica de Arte e História das Artes, no que concerne às práticas da mente criadora em ação. Busca-se também incentivar o contato dos alunos com fontes primárias fundamentais para sua formação como pesquisadores em artes.
Para o desenvolvimento desta investigação, busca-se suporte e diálogo com os pressupostos teóricos e metodológicos da semiótica de base peirciana, com ênfase nas tríades relacionais formuladas por Peirce, que dizem respeito: ao signo em si, à relação do signo com o objeto dinâmico (ícone, índice e símbolo) e à relação do signo com o interpretante; tais categorias mostram-se adequadas para a construção de uma metodologia de investigação e classificação dos tipos e funções dos documentos de processo, como apresentados por Louis Hay (1985; 1986; 1999) ou José Cirillo ( CIRILLO & GRANDO, 2009). Na presente linha de pensamento, consideramos os documentos de processo como índices da trajetória de trabalho de um artista em particular e da trajetória de uma obra ou série de obras.
O objeto desta pesquisa está configurado nos estudos dos documentos do processo de criação de artistas capixabas contemporâneos; documentos primários que revelam o gesto criador no frescor da ação criadora. Buscaremos a partir desses documentos estudar processo de criação dos artistas da Região Metropolitana de Vitória no Espírito Santo. Embora a produção artística no Estado do Espírito Santo não tenha grandes nomes de projeção nacional, o Estado conta com uma tradição que remonta o período colonial, sendo uma das mais antigas escolas de Belas Artes no Brasil.
Porém, uma das principais dificuldades encontradas pelos pesquisadores do processo de criação, assim como da História e Teoria das Artes no Espírito Santo é a carência de documentação sobre a produção da obra, dos passos que antecederam a apresentação da obra, ou seja, dessa como idéia em construção nos ateliês. Muitos documentos de artistas importantes para a cultura regional se perderam em tempos passados, em geral por desconhecimento de seu valor por parte de seus depositários (herdeiros ou mesmo os artistas). No entanto, ainda contamos com um universo importante de documentos, muitas vezes desconhecidos do público pesquisador pelas dificuldades de acesso ou de organização do acervo onde se encontram (CASSARES, 1998; COLOMBO, 1991). Nos ateliês de artistas de Vitória, guardam-se importante documentação histórica referentes à arte e seu processo de produção no Estado do Espírito Santo – e mais especificamente dos municípios pertencentes atualmente à jurisdição da Região Metropolitana de Vitória, a saber, Cariacica, Domingos Martins, Fundão, Guarapari, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória. É válido ressaltar que embora a produção artística no Estado seja mais ampla, estes municípios concentram a grande maioria daqueles que se fazem ou se fizeram destacar no cenário artístico regional e nacional. Trata-se, ainda, esta região de uma das primeiras zonas de presença da prática artística no Brasil, o que só vem a reforçar a importância da preservação e disponibilização deste acervo artístico, cultural e histórico.
Assim, o objeto de investigação nesta pesquisa está centrado no estudo dos documentos de processo desses artistas capixabas. Um material que ainda se encontra bruto e desorganizado, muitas vezes à margem de se perderem definitivamente. Deste modo, este projeto buscará localização, identificação, seleção, digitalização, transcrição desses documentos, assim como permitirá a sua edição crítica por meio de uma publicação impressa, assim como também será a base para a sua catalogação e para a criação de um Banco de Dados Digitais – o qual permitirá não só sua conservação como patrimônio artístico e cultural, como também permitirá que esses documentos relativos à produção artística (cadernos e cadernetas de anotação, livros de artista, papéis avulsos e maquetes, dentre outros) possam ser investigados por novos pesquisadores do Espírito Santo e de outros Estados, os quais poderão dispor de um acesso muito mais fácil e ágil a estes documentos alimentando a investigação das artimanhas da mente criadora durante o processo criativo.
Dessa forma, esperamos contribuir para o fomento da pesquisa em Artes, Ciências Humanas e Sociais no Estado – não só por pesquisadores comprovados, como também por pesquisadores em formação tanto nos cursos de graduação ou iniciação científica, quanto no programa de Mestrado em Artes (PPGA/UFES). A pesquisa contará ainda com assessoria de outras instituições, que participarão tanto in situ como à distância no intercâmbio de experiências. Estes assessores são a professora doutora Cecília Almeida Sales, pesquisadora do Programa de Pós Graduação em Comunicação da PUC, São Paulo, que desenvolve trabalhos de levantamento de fontes primárias e secundárias referentes aos documentos do processo de criação em diferentes áreas no Brasil, e a Profa. Dra. Telê Ancona Lopez, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, que vem desenvolvendo pesquisas documentais em arquivos junto ao IEB - USP.

Data de início: 2011-08-05
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Aparecido Jose Cirilo
Coordenador Ricardo Mauricio Gonzaga
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910