SOLVITE CORPORE ET COAGULATE SPIRITUM:
Modos de (des)apego ao site e participação em Stephan Doitschinoff

Nome: Maria Carolina Soares Cuquetto
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 28/09/2015
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Angela Maria Grando Bezerra Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Angela Maria Grando Bezerra Orientador
Aparecido Jose Cirilo Examinador Interno
Leila Aparecida Domingues Machado Examinador Externo

Resumo: Stephan Doitschinoff compõe narrativas visuais através de signos religiosos e políticos, representações de plantas enteógenas e anagramas que ora indicam fragmentos litúrgicos, ora inscrições alquímicas. Trabalha com a ressignificação de ícones e símbolos para provocar uma reflexão sobre o controle exercido por instituições e ideologias dominantes. Suas proposições artísticas avançam para além da tela e experimentam relações com o espaço e com o espectador para sugerir novas maneiras de olhar o mundo. A partir das reflexões teóricas de Miwon Kwon, Claire Bishop e Nicolas Bourriaud discutimos os nexos entre a especificidade do site e as possibilidades de participação nos trabalhos de Doitschinoff em que verificamos pontos de convergência entre esses eixos, a saber: Temporal (2008), Novo Asceticismo (2009), Brilho do Sol (2011) e Cras do Micélio (2013).

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910