GALERIA HOMERO MASSENA fragilidade e realização das políticas públicas estaduais para as artes visuais no Espírito Santo.

Nome: Bernadette Rubim Teixeira
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 31/05/2010
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Angela Maria Grando Bezerra Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Angela Maria Grando Bezerra Orientador
Antonio Carlos Amador Gil Examinador Interno
Aparecido Jose Cirilo Coorientador
JUAN MANUEL VARGAS ROJAS Examinador Externo

Resumo: O objeto deste trabalho é uma reflexão sobre a dinâmica relacional da história das políticas públicas culturais do estado do Espírito Santo atuando na materialização da criação da Galeria Homero Massena. Trata da análise das estratégias adotadas pelo Estado do Espírito Santo para a área cultural, numa abordagem que questiona as artes visuais e o panorama do ensino das artes em Vitória, que coloca em relevância as interfaces de aspectos políticos e usa como linha condutora de reflexão a formação dos espaços culturais para exposições. Assim, é no estudo do contexto da criação da GHM, no ano de 1977, e na análise de sua atuação até os dias atuais que destacamos as políticas públicas implementadas para as Artes Plásticas no nosso Estado.
Consideramos que a GHM foi o primeiro espaço criado especialmente para organizar exposições na cidade de Vitória e consideramos que sua atuação ininterrupta até a atualidade pode refletir sua relação com o contexto social, mantendo, frente a ele, uma posição de resistência a partir do campo das artes.

Palavras-chave: História da Arte, Política Cultural e Exposições, Galeria Homero Massena

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910