A dialética da Arquitetura Modernista inserida em sítios históricos.

Nome: Roberta Ilha Lisboa
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 04/05/2009
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
TARCISIO BAHIA DE ANDRADE Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Clara Luiza Miranda Examinador Interno
Elyane Lins Correa Examinador Externo
TARCISIO BAHIA DE ANDRADE Orientador

Resumo: Considerando a importância dos arquitetos modernistas na consolidação de legislação do Patrimônio Histórico no Brasil, estando por vezes à frente do mesmo, é relevante compreender o discurso da arquitetura modernista em sítios históricos. Para isso foi estabelecida a sistematização de alguns parâmetros de leitura dessa articulação, através de três exemplos emblemáticos e que tiveram repercussão nas diretrizes de inserção de construções novas nesses sítios. Se numa análise imediata a arquitetura modernista parece se mostrar contrária ao entorno, como uma negação do passado, a análise dialética é apresentada como uma abertura pela qual podemos enxergar relações sutis, porém complexas, até mesmo nas inserções mais contraditórias, reafirmando a necessidade de existência de diálogo das construções novas em sítios históricos, sem para isso, serem confundidas com estes.
Palavras-chave: Arquitetura Modernista - Sítios Históricos - Patrimônio.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910