A FOTOGRAFIA NA MEDIAÇÃO DA ARTE

Nome: Ignez Capovilla Alves
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 28/11/2019
Orientador:

Nomeordem crescente Papel
Gaspar Leal Paz Orientador

Banca:

Nomeordem crescente Papel
Gaspar Leal Paz Orientador
Almerinda da Silva Lopes Examinador Interno
Alexandre Curtiss Alvarenga Examinador Externo

Resumo: Ao passo que os museus estabelecem um estatuto de conservação e valorização de obras, eles também descontextualizam as artes de seu lugar de origem, propondo recontextualizações, releituras e interpretações ao público que frequenta esses espaços. Trata-se de uma abordagem histórica da fotografia e das problematizações surgidas a partir de suas transformações técnicas. Para a compreensão desse contexto, observa-se o impacto do conceito de reprodutibilidade em Walter Benjamin e suas implicações na ideia de distorção, defendida por John Berger. Essas discussões alcançam também as ideias de equalização da imagem, proposta nas obras de André Malraux e Aby Warburg. Nesse sentido, sublinha-se a contribuição de artistas cujas obras fotográficas restituem ao espectador um significado ampliado da obra de arte e propõem diferentes possibilidades para rever a história da arte, questionar o sistema das artes, assim como a forma de organização dos museus e a
apropriação fotográfica, como é o caso de Bruno Moreschi (Brasil) e Louise Lawler (EUA).
Palavras-Chaves: Fotografia e arte contemporânea, Mediação.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910