OS DESVIOS DE UM DÂNDI: EROTISMO EM DUAS SÉRIES ARTÍSTICAS DE WESLEY DUKE LEE

Nome: Lívia Santolin Borges
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 11/08/2016
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Almerinda da Silva Lopes Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Almerinda da Silva Lopes Orientador
Gaspar Leal Paz Examinador Interno
Leila Aparecida Domingues Machado Examinador Externo

Resumo: Essa pesquisa apresenta um diálogo entre o erotismo e a arte por meio de duas séries de trabalhos artísticos de Wesley Duke Lee. À luz de diferentes autores, investiga a definição de erotismo e a simbologia de Eros em diferentes povos e culturas. Estabelece pontes de conexão entre o universo erótico e o universo das imagens por meio de obras de artistas europeus desde o início da arte moderna. Discursa sobre o percurso cultural, político e histórico, da década de 1960, que conduziu ao repensar do problema artístico, ressaltando a contribuição de Wesley Duke Lee e sua obra para a arte desse período. Debruça-se sobre o encontro do erotismo com a arte nacional pelo viés de outros artistas, relacionando-os às suas obras. Desenvolve hipóteses em torno do erotismo na obra de Wesley Duke Lee como elemento adicional de subversão e observa a poética do artista como busca de autoconhecimento. Empreende uma leitura do erotismo nos desenhos da Série das Ligas e comenta acerca de O Grande Espetáculo das Artes, primeiro happening do Brasil, o qual o artista organizou para colocar as obras dessa série em exposição e questionar os padrões e a crítica da arte de sua época. Faz uma análise das obras da grande série Zona em que Duke Lee demonstra seu fascínio pelo universo feminino.

Palavras-chave: Wesley Duke Lee. Erotismo. Arte brasileira. Série das Ligas. Happening.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910